Omelete à Quatro Caminhos


Há tempos que anda uma alma a pedir-me a receita para uma omelete. Sinceramente, foi comida a que nunca dei grande valor e depois que comecei a minha eterna luta contra o Sr. Castrol, então nunca mais lhe toquei. Digamos que tampouco lhe senti a falta. Com uma culinária riquíssima como a nossa, ia agora comer ovos!

E estarão vocês neste momento a perguntar: o que poderá haver de tão especial numa omelete, para merecer honras de post num blog? Pois realmente nada...
Até nem abona muito a meu favor! Anda um homem há 20 anos a aprender a cozinhar, para publicar uma receita de omeletes. No entanto, não tem sabedoria nenhuma, para quem as sabe fazer, mas quem não sabe fritar um ovo (como é o caso), alguma utilidade pode tirar deste post.

Fica então a receita daquela a que vou chamar "Omelete à Quatro Caminhos". Não me perguntem porquê, porque eu não digo :-)

Ingredientes: (para 2 pessoas)

50 grs de fiambre de frango
50 grs de fiambre de peru
100 grs de chouriço (de boa qualidade)
100 grs de queijo parmesão
6 ovos
250 grs de mandioca
50 grs de gengibre
1/2 chávena de cogumelos laminados
1/2 pimento verde
1/2 cebola roxa
2 dentes de alho
6 azeitonas grandes sem caroço
salsa verde
sal
pimenta fresca
manteiga

Vamos lá, oh "criatura dos quatro caminhos" (pronto, já desvendaram parte do mistério). Corre para a cozinha! Abre o Magalhães aí num cantinho do balcão e toca a seguir as minhas instruções:

Primeiro descascas a mandioca e o gengibre, a cebola e os alhos. Cortas o pimento ao meio e lavas tudo com água fria (não deves saber onde se liga o esquentador)...
Depois de escorrido picas tudo na picadora moulinex que está ai guardada na última porta do armário. Um, dois, três e já está! Viste que não custa nada?

A seguir procuras a tábua de corte, que deve estar na segunda gaveta, entre o lava-loiça e o fogão. Na primeira gaveta estão as facas, tiras a maior de todas. Estendes um pano de cozinha no balcão e pões a tábua por cima, não vá ela escorregar e ainda cortas uma unha ou a ponta de um dedo. Cortas os fiambres aos quadradinhos mais pequenos que conseguires. Corta também as azeitonas em rodelas finas. Depois voltas a usar a picadora para picar o chouriço e o queijo, que vais guardar numa tigela dessas que estão na porta logo acima da tua cabeça. Junta os cubos de fiambre e as azeitonas.

Agora colocas uma colher de manteiga numa frigideira anti-aderente (porta junto ao friforifico), acendes o fogão no mínimo e deixas aquecer, antes de colocares lá estes ingredientes todos que ralaste na picadora, menos as carnes e o queijo, que vais juntar apenas no final, em cru. Temperas com um pouco de sal e pimenta moída, mas pouco, e deixas refogar lentamente, virando de um lado e doutro com uma espátula de plástico, para não arranhares a frigideira. Quando estiver bem dourado, retiras e guardas noutra tigela, bem escorrido de gorduras.

De seguida partes os ovos, um a um e separas as gemas das claras, para duas tigelas. Bates as claras em castelo até ficarem quase em neve. Mexe as 6 gemas e vais juntá-las pouco a pouco com as claras e temperas com um pouco de sal e pimenta, mexendo sempre.

Lavas agora a frigideira que usaste para o refogado, secas e pões de novo ao lume mínimo, com uma colher de manteiga, que depois de derretida, vais espalhar por todo o fundo. Já está? Anda, despacha-te para não queimares a manteiga! Despeja agora os ovos na frigideira, juntas primeiro o refogado, bem espalhado e depois as carnes em cubos, o chouriço, os cogumelos, o queijo ralado e as azeitonas.

Deixas fritar um pouco os ovos no fundo. Agora pegas na espátula e vais levantar a omelete de um lado e dobrá-la por cima do outro, como quem faz uma sanduiche. Cuidado para não partires tudo! Se calhar é melhor usares duas espátulas. Esperas dois minutos para fritar bem desse lado. Agora levanta um pouco. Já estão bem dourados? Então pega na espátula e viras, para fritar a outra metade.

Pronto, retira a omelete, coloca-a numa travessa e polvilha com salsa picada. Não te esqueças de apagar o fogão, senão queimas a frigideira. Parabéns, acabaste de fazer a tua primeira omelete!

Acompanhas com umas torradas de pão integral, barradas com manteiga de amendoim e geleia de frutos silvestres. Sabes onde está a torradeira?! :-)

Bom Apetite!

Francisco Vieira

26 comentários:

  1. Oi Francisco,
    sou ótima para fazer omeletes, tenho várias receitas e agora vou experimentar a sua.
    Obrigada pelo carinho com meu blog e parabéns para
    a contadora.
    bjs.

    ResponderEliminar
  2. Fatima, boa noite!
    Nada a obrigadar. O prazer é meu em ir destacando aqui os vossos blogs.

    Quanto a omelete, depois me conta como ficou, porque eu ainda nao fiz :-)

    Beijo e bom domingo

    ResponderEliminar
  3. Adoro omeletes... Quando estou sózinha, faço uma com queijo e muito tomate, acompanhada com alface e milho. Gosto destas refeições leves.
    Mas vou fazer esta, de certeza.
    Um beijo e bom domingo.
    Graça

    ResponderEliminar
  4. Oh Graça, que anda por aqui a fazer a esta hora?!

    Ja pra cama! :-)

    Beijos e bom Domingo tambem para si

    ResponderEliminar
  5. Amigo Francisco:Omolete é sempre omolete:Quando não há mais nada que comer...Bom Apetite.

    ResponderEliminar
  6. Tu não te atrevas a dizer nem mais uma palavra feia sobre omeletes. Nem sobre ovos. Adoro ovos!

    Já agora... obrigada pelo cota! Mas não te esqueças que prometeste que no próximo ano a foto vai ser tua. Eu vou cobrar!

    Beijos grandes!

    ResponderEliminar
  7. Contadora, ta bem prontos pro ano ta prometido.
    So nao foi desta vez porque nao tive tempo de cortar as unhas dos pes :-)

    Muitos parabens amiga! Que contes muitos. Beijos.

    (ja posso tirar o gajo?!)

    ResponderEliminar
  8. Joaquim Angelo, boa tarde!

    Sim amigo, na necessidade, ate amoras servem. Mas eu sinceramente, prefiro nem que sejam so batatas com batatas :-)

    Abracos e bom Domingo

    ResponderEliminar
  9. Não! Claro que não! Olha, olha!
    Vais ter de mantê-lo até ao final do dia!
    Era o que mais faltava, agora tirá-lo!

    ResponderEliminar
  10. Oh pa!!! Ja tou a ver que logo tenho de fazer limpeza ao tasco! Vai ficar aqui um cheiro a sovaco que nao se pode :-)

    ResponderEliminar
  11. Olá Francisco

    Mais uma das tuas!

    Ouve lá, isso é mesmo uma omolete para o tempo que corre, um autentico capote à Alentejano. Com uma dessas não há frio que resista.

    Parabéns, deve estar deliciosa

    Um abraço


    Agora permite-me que me dirija à Story.

    Story, feliz aniversário e quje a vida te seja sempre tão sorridente no mínimo quanto tu! :-)

    Parabéns, um abraço

    ResponderEliminar
  12. Boa tarde Manel!

    Experimenta e depois da-me o teu parecer :-)

    Continuacaoi de bom Domingo e um abraco

    ResponderEliminar
  13. Francisco, boa noite!!

    Sobre os ovos: Pois. Eu quero é estar cá para o ano!!!!!

    ResponderEliminar
  14. eh eh eh Oh Eusebio, nao achas que te desviaste do tema?

    O "para o ano" nao faz parte deste post :-)

    ResponderEliminar
  15. Pois não, não faz, mas fazes tu daqui a um ano!!! Vai trabalhando para eliminar a barriga...

    ResponderEliminar
  16. Lol, Eusebio, quem te disse que eu tenho barriga? E a te-la, quem te garante que a Contadora nao gosta dos cotas, assim...bem alimentados? :-)

    ResponderEliminar
  17. Gostei desta omelete, mas para as merendas é demasiado complicada e é preciso sujar muita coisa na cozinha.
    Costumo fazer coisinhas mais simples, rápidas e que não me deixem meia cozinha desarrumada, senão tenho de ouvir a minha Maria oito dias e mais alguns.
    Misturando dois ovos, tiras de bacalhau e alguma farinha de trigo e mexendo tudo bem feito é só ir ao lume e está feito. Na mistura podemos juntar tudo o que quisermos.

    ResponderEliminar
  18. Direitinho, boa noite!
    Vou-lhe contar um segredo...cozinhar, ou se faz por amor, ou entao nao vale a pena :-)
    Uma coisa e cozinhar, outra e preparar comida, porque temos fome.
    Como quem corre por gosto nao cansa, que importa a loica suja, comparada com o prazer de vermos o resultado do nosso empenho?

    Boa semana [para si, amigo e um abraco

    ResponderEliminar
  19. hummmmm...senti um cheirinho de omelete e não resisti...vim xeretar!
    Beijinhos doce...

    ResponderEliminar
  20. Folhas de Andreza, seja muito bem vinda e volte sempre. Esta casa é também sua.

    Beijo

    ResponderEliminar
  21. oh pa e so receitas e mais receitas, mas provar que e bom.... nada :-)

    beijocas

    ResponderEliminar
  22. Ana, contenta-te com o facto de eu tambem ainda nao a ter provado eh eh eh
    Encara isto como aulas teoricas

    Jocas

    ResponderEliminar
  23. atao passa a pratica pk a teorica ja temos, prontos ta decidido vai ser o almoco para amanha ahahaha

    ResponderEliminar
  24. Ana, ate podia ser se nao fosse o Sr. Castrol

    ResponderEliminar
  25. mas eu felizmente nao conheco esse gaijo, talvez por ser mais nova que tu e nao ter abusado na minha juventude ahahahah

    ResponderEliminar

Obrigado pela visita. Este espaço é seu. Use e abuse, mas com respeito, principalmente por quem nos lê. Francisco